Roda de Choro do Seu Julinho retoma as atividades nesta quinta-feira

Imprimir PDF

A Roda de Choro do Seu Julinho, programa permanente da Secretaria de Cultura que visa incentivar e propagar a cultura do choro na cidade, retoma suas atividades nesta quinta-feira, abrindo o calendário de 2017. O evento, que consiste em um encontro entre aqueles que tocam, cantam e apreciam o estilo musical, mudará de endereço temporariamente, em virtude da reforma do Casarão do Carmo.

Até que os trabalhos de reforma estejam concluídos, a iniciativa acontecerá no prédio-sede da Corporação Musical Santa Cecília. O dia e o horário da roda, contudo, permanecerão os mesmos: será sempre às quintas-feiras, a partir das 19 horas.

Vale lembrar que, além de estar a poucos metros de distância do Casarão do Carmo, o prédio da Banda Santa Cecília passou por um amplo trabalho de recuperação, custeado pela Prefeitura de Mogi das Cruzes e foi reinaugurado no final do ano passado.

A Roda de Choro do Seu Julinho é um evento criado em 2013 pela Secretaria Municipal de Cultura, com o objetivo de reverenciar Julio Pedro Borba, saudoso dono de barbearia do Shangai, que reunia todas as quintas-feiras amigos, para uma animada roda de choro, frequentada por praticamente todos os atuais mestres do choro de Mogi.

Em março próximo, a roda vai completar quatro anos. Neste tempo, ela se transformou no principal ponto de encontro dos chorões da cidade, servindo também como incentivo e uma ferramenta de propagação do choro, a partir da aproximação dos jovens com o estilo musical. O repertório inclui canções de compositores como Ataulfo Alves, Cartola,Candeia, Pixinguinha, dentre outros.

A entrada para a Roda de Choro é gratuita. Aos interessados, portanto, basta comparecer. (Lívia de Sá)